Páginas

terça-feira, 15 de junho de 2010

Silhueta

Uma alma inquietada,
pela mente agitada,
de vontades delirantes.
O que busca e por que sempre?
Não consegue  parar,
nem apenas aceitar,
sabe que tem mais pra ver,
antes, depois e entre.
Por que perder a chance?
Nem precisa ser a única,
nem  uma chance precisa  ser ...
A vontade faz acontecer.
Essa assim é a silhueta do trajeto
das vontades que movem,
o corpo que balança,
de alma que é inquieta,
em uma mente que
sempre desperto...
sem precisar ser errante!

2 comentários:

marcia.promoarte disse...

A D O R E I !!! TEU TEXTO É TUUUUUDDDDDOOOOOOO!!!!! KKKKKK BJOKAS

MÁRCIA

Dani Fai disse...

Tem um selinho no meu blog para postar no teu.
Se achares conveniente é claro.
As vezes recebo e não posto...

http://danifaillace.blogspot.com/2010/06/selinhos.html