Páginas

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Qual a relação entre o Manguito Rotator e a Crise dos 40?

É isso! Devo estar ficando mooooiiintooo menos tolerante do que já fui...um dia! Negócio é o seguinte: sempre dirigi pra mim, me levava sozinha pra onde queria ou pra onde nem imaginava, porque não raramente me perco pelas ruas e me re-descubro em um lugar que nem sabia que existia e , por acaso, não era aonde eu queria chegar! O que ocorre é que de uns dias pra cá, tenho dirigido para os outros, melhor explicando, para ELE... o the big one: meu marido. Façamos um "flashback" do motivo que me deportou do cargo de esposa, amada, amante para a atual situação, motorista particular. Numa bela e ensolarada manhã, o meu querido estava sobre uma escada doméstica, dessas de fazer limpeza, sabe? Não sabe, né? A escaaaaaada que se usa para alcançar o mosquitinho que faleceu e ficou grudado no lustre, ou alcançar a poeira láááááaá do cantinho do teto da sala e que está a "chamaire" a atenção de todos os que adentram no recinto, porque nada mais existe para ser olhado no local além da dita poeirinha.Chegou a sua mente a imagem da escada? Capaz! Você nunca imaginou que esse utensílio doméstico servisse para coisas tão fundamentais como essas que exemplifiquei? Nooooossa!!! O lustre da sua casa deve estar cheio de cadáveres de mosquitinhos! Bem, ele não estava catando poeiras nem mosquitos, mas podando galhos de árvores( esse modelo de escada também serve pra isso. Anote, porque essa informação fará você subir muitos degraus em sua escala intelectiva!) Quando de repente... espatifou-se no chão. Mas, não foi assim de qualquer jeito, porque tudo aquilo que fazemos, tem estilo. Espatifou-se de ombro no chão. Ombro direito, pra causar mais impacto! Logicamente, que um hematoma seria coisa pra pessoas comuns, em nosso caso, foi um brusco severo e complexo rompimento do "manguito rotator". Ótima manhã ensolarada! Daí por diante, virei motorista. Vou aos lugares mais encantadores da cité! Hospitais e aos diversos tipos de consultórios que a medicina nos presenteou com suas "superespecialidades". Até aí, tudo bem! ... bem, bem, bem...nem...mas, tá bem, tá bem, tá bem! O problema, o "x"da questão, é o discurso!Qual discurso? Aquele que antecede o divórcio! Ah, esse você sabe qual é, nem preciso explicar como fiz com a escada. Dai-me força "Deos". Ele, o the big one, pratica "direção ofensiva" e eu sou "sem direção". Então, a mistura é nitroglicerina pura! O querido passa o tempo todo a me dar dicas... "Dobra ali. Fica na esquerda. Não vai sair de trás deste ônibus? Olha o buraco! Por que freia em cima? Passa, acelera, dá tempo... porra, o sinal fechou!"E outras coisas que prefiro não comentar. Recém fiz o blog, não quero que seja denunciado. Agora, que fiz a cena, idealize! Imagine a situação da mulher que adorava dirigir fumando um crivo, ouvindo uma musiquinha na intensidade 19 e 20 e que não tinha a menoooooor preocupação com o trajeto a ser seguido... quase sempre pegava uma reta e ia...ia...ia...até...o "onde estou"? Imaginou a situação? Pois é, tô abalada. Acabada. Irritada. E pra completar, porque como já comentei, o que nos diferencia são os excessos, minha carteira de motorista venceu. Foi na data da cirurgia em que foi introduzida uma âncora, no manguito rotator do the big one. E como nada é por acaso, a mesma data do meu quadragésimo aniversário. Yes!Yes! Yes! Agora, eu pergunto: será esta minha intolerância ligada ao manguito rotator ou é a crise dos quarenta? "Gueeeeeentaaaaaaaaaa". Psiu: Sinto-me um pouco mais aliviada depois que coloquei o título desta postagem, porque copiei e colei ele todinho no espaço dos" marcadores de postagem do blog". Se não me enganam, meus conhecimentos acerca de "blogs", isso quer dizer que alguém, quiçá um ortopedista, esportista ou os dois juntos, ao pesquisarem com qualquer uma dessas palavrinhas, por um instante serão iludidos pela idéia de que alguém está postando sobre a ciência especializada do manguito rotator e sua relação com os 40 anos... e vão parar aqui! Como eu,uns completamente sem direção!E se você pensou que isso não tem nada a ver... ao menos que sirva aos lesados como reflexão e conclusão: Caso você tenha rompido o manguito rotator, vá de táxi!

Um comentário:

patrono2 disse...

Em primeiro lugar meus parabéns pela entrada nos " enta"(se bem que a gente não deve ficar espalhando essas coisas...rsrsrs) e pelo blog que está excelente. Quer dizer que o Big One está com pane no Manguito Rotator? Depois de certa idade a gente tem que evitar fazer certas estripulias....rsrsrs. Um abraço.
Claudio